Um novo estudo, feito pelo especialista em viagem Sick Holiday e pela empresa de intolerância alimentar YorkTest, destacou os principais focos de intoxicação alimentar do mundo e no topo da lista esta Hurghada, no Egito - 380 casos foram registados desde o início de 2017.

O diretor científico, Gill Hart, citado pelo Daily Mail, alertou os turistas para que sejam mais vigilantes em áreas de alto risco, já que ataques de intoxicação alimentar podem causar efeitos colaterais que perduram após o início da doença inicial.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.