Molly Choma, comissária de bordo da Alaska Airlines, documentou a vida profissional durante a pandemia. Molly é um dos poucos funcionários que continuam a trabalhar, segundo o The Sun. A Alaska Airlines continua a operar, com um horário limitado, sendo a maioria dos passageiros parte de equipas médicas ou pessoas que precisam viajar para estar com a família. Segundo Molly, o número médio de passageiros nos voos é de apenas oito a 12 pessoas.

A comissária de bordo começou a tirar fotos da tripulação durante a crise e a partilhar as imagens na sua conta de Instagram. Numa das fotos partilhadas é possível vê-la, juntamente com dois colegas de trabalho, a caminhar pelo Aeroporto Internacional de São Francisco, quase vazio.

"Eu já andei por aeroportos vazios, mas às 2h da manhã depois de uma noite de atrasos. Naqueles dias, mal aterrávamos, corríamos para o hotel apenas para nos deitarmos. Às vezes, estava tão cansada que adormecia de uniforme. Esta foto, no entanto, foi tirada às 14:00", escreveu na legenda.

Percorra a galeria para ver outras fotos partilhadas por Molly Choma no seu Instagram.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.