Exotismo é a primeira palavra que lhe vai ocorrer quando aterrar em Casablanca. Esta bela cidade marroquina, símbolo do modernismo, é atualmente o principal polo de negócios e indústrias criativas do país.

Com uma influência clara do estilo francês, mistura-lhe o traço tradicional marroquino, transformando o centro da cidade num local ímpar, onde o ambiente que se vive nos souks o conquistará. Os souks, numa cidade árabe, correspondem à área comercial e em Casablanca atraem milhares de visitantes por dia, ou não se tivessem tornado uma das principais atrações de Marrocos.

Entre o movimento das ruas, as cores e a música existe uma atmosfera única que proporciona o desejo de desbravar o melhor que esta surpreendente cidade tem para lhe oferecer. Esteja atento às promoções e prepare já a sua viagem a Casablanca com a TAP.

Entretanto, leia aqui as nossas sugestões imperdíveis.

Corniche

No subúrbio de Ain Diab fica um dos locais mais concorridos da cidade: a Corniche de Casablanca. Esta área é conhecida pelos hotéis e restaurantes de luxo, mas é também aqui que durante o dia poderá desfrutar de um agradável mergulho na praia, muito frequentada por famílias ao fim de semana.

Corniche

Azemmour

O exotismo marroquino tem um dos seus esplendores nesta pequena aldeia com origem nos tempos púnicos, localizada 88 quilómetros a sul de Casablanca. As muralhas que cercam a antiga medina e a fortaleza, datada do século XVI, são pontos obrigatórios e fascinam os visitantes. Tem ainda o privilégio de ter uma belíssima praia, que é uma verdadeira pérola escondida.

Azemmour

Mahkama du Pacha

Apreciar a beleza de Casablanca de uma forma diferente é conhecer o Mahkama du Pacha, localizado entre o Palais Royal e o Souq de Habous. Discreto, este edifício esconde um interior magnífico marcadamente da década de 1950. Os detalhes do interior, ricos em pormenores, têm tetos de madeira esculpida, com grades de ferro forjado e pequenos azulejos. Tem ainda belíssimos pátios interiores que o tornam num local obrigatório. Tem o inconveniente de não ter um horário de funcionamento definido.

Mahkama du Pacha

Catedral de Sacré Coeur

Construída em 1930, a arquitetura da Catedral de Sacré Coeur de Casablanca tem uma clara influência europeia, que se fundiu de forma harmoniosa com o estilo marroquino. Desenhada por Paul Tournon, foi reconvertida num centro cultural em 1956, depois da independência do país.

Catedral de Sacre Coeur

Mesquita Hassan II

A mesquita mais alta do mundo, construída entre 1986 e 1993, é uma das principais atrações da cidade. A luz emitida do minarete de 200 metros pode ser vista de vários pontos da cidade; o minarete foi concebido pelo arquiteto francês Michel Pinseau com esse propósito. Além de servir como local de culto religioso, acolhe ainda uma escola, salas de conferências, hammams e bibliotecas especializadas.

Mesquita Hassan II

Museu da Fundação Abderrahman Slaoui

A antiga casa do empresário Abderrahman Slaoui acolhe este museu, gerido de forma privada. Entrar no Museu da Fundação Abderrahman Slaoui é mergulhar no fascínio da arte marroquina: cerâmica, móveis, joias berberes ou posters de viagens estão entre os objetos da coleção e não deixam ninguém indiferente.

Abderrahman Slaoui Foundation Museum
Casablanca desde 91€