Laxton, em Nottinghamshire, é uma propriedade patrimonial que remonta a 1066, quando a mansão foi concedida a Geoffrey Alselin por Guilherme, o Conquistador. Em 1981, o Crown Estate comprou  Laxton para tentar manter o sistema de cultivo em campo aberto e a vila é agora o único lugar no país para cultivar desta forma, relata o The Guardian.

Laxton mudou muito pouco ao longo dos anos e são as mesmas famílias que têm trabalhado a terra ao longo de várias gerações. A família de Stuart Rose cultivou na área durante 400 anos e ele espera que as suas filhas continuem a tradição - assim como o novo senhor da mansão. No entanto, Rose, que administra a Fazenda Inferior em West Field, Laxton, entende que a agricultura não é a mesma de quando o seu avô trabalhava na terra e disse que a idade média de um residente em Laxton é de 65 anos. "Há cinquenta anos, a agricultura aqui era um trabalho a tempo inteiro para pais e filhos. Agora, uma quinta como a nossa é um trabalho a part-time para uma pessoa", explicou ao The Guardian.

Os inquilinos da propriedade trabalham "em conjunto" e cultivam as terras, usando uma rotação de culturas de três anos, incluindo trigo de inverno, colza e pousio em três campos abertos em toda a propriedade.

Quem quer que seja o novo comprador, terá de se comprometer a manter a sua forma histórica de trabalho. Um porta-voz da Crown Estate disse que seu foco seria "encontrar um comprador apropriado que valorize o papel e a história únicos de Laxton e que esteja totalmente comprometido em preservá-la para o futuro". Uma brochura sobre a propriedade única explica como o comprador será "obrigado a demonstrar claramente a mesma intenção de manter perpetuamente o sistema de campo aberto através de um relacionamento positivo com os inquilinos presentes e futuros e outras partes interessadas locais".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.