Os passageiros de um avião da Ryanair foram retirados de emergência, esta terça-feira, ainda antes do avião levantar voo, no aeroporto de El Prat, em Barcelona. Em causa está o facto de o telemóvel de um passageiro se ter incendiado. Perante a situação, a tripulação optou por evacuar o avião.

O incidente, não causou feridos mas obrigou à retirada dos ocupantes, através das rampas insufláveis. Com passageiros fora do avião, a tripulação apagou as chamas que, segundo fontes da companhia aérea irlandesa, citadas pelo El Periódico, terão tido origem quando um telemóvel - que era carregado com uma bateria externa - se incendiou.

O incêndio a bordo do avião ocorreu pelas 17h30, quando este estava prestes a descolar e causou momentos de pânico a bordo, devido ao fumo e às chamas na cabine.

Os passageiros foram encaminhados para o terminal 1 do ‘El Prat’ onde esperaram novo voo para Ibiza,  o destino inicial do avião da Ryanair.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.