A Tailândia começou 2020 a combater ativamente os problemas ambientais, tendo proibido os sacos de plástico de uso único em algumas das principais lojas. Segundo a Reuters, esta é a continuação de uma campanha do governo local que aproxima a Tailândia de uma proibição completa em 2021, numa tentativa de reduzir o desperdício e detritos nas áreas circundantes.

Face a esta proibição, os compradores tailandeses usam cestas, baldes e até carrinhos de mão para contornar a uma nova proibição de sacos de plástico de uso único e evitarem comprar sacos de pano reutilizáveis. Muitos partilharam as fotos das suas soluções criativas nas redes sociais e incentivaram outros a fazer o mesmo. A página de Facebook Rovmaira reuniu algumas das imagens mais interessantes.

"A Tailândia ficou em sexto lugar entre os principais países do mundo que lançam lixo ao mar", afirmou o ministro dos Recursos Naturais e Meio Ambiente Varawut Silpa-Archa, citado pela Reuters. "Nos últimos cinco meses, reduzimos para o décimo, graças à cooperação do povo tailandês."

O país reduziu o uso de sacos de plástico em 2 bilhões, ou cerca de 5.765 toneladas no ano passado, na primeira fase da campanha que incentivava a recusa voluntária dos consumidores de sacos plásticos nas lojas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.