O Vila Baleira Resort - Porto Santo já reiniciou a sua atividade e introduziu várias medidas para tranquilizar os visitantes que pretendam viajar para a Ilha Dourada, incluíndo um seguro que abrange os hóspedes que sejam infectados por coronavírus durante a estadia.

"Não sabemos quando é que esta pandemia irá passar. Temos de nos adaptar rapidamente e reagir à limitação que existe dos locais para a realização dos testes, e ao medo instalado, apostando em campanhas de sensibilização e informação sobre os destinos mais seguros do mundo neste momento, como são as ilhas do Porto Santo e da Madeira”, explica Bruno Martins, diretor-geral  dos hotéis Vila Baleira.

O hotel garante o reembolso da reserva na totalidade no caso dos hóspedes terem recebido um resultado positivo no teste obrigatório nas 72 horas antes da partida, o que os impede de viajar. Além disso, o seguro prevê que as despesas de assistência e repatriamento sejam garantidas.

Bruno Martins, diretor-geral dos Hotéis Vila Baleira

O diretor-geral dos Hotéis Vila Baleira salienta ainda que "o sentimento de segurança será maior, quantas mais pessoas realizarem os testes à partida. Tentaremos que todos os nossos hóspedes venham com testes realizados na origem, garantindo assim, uma maior sensação de segurança e predisposição para umas férias tranquilas".

Ciente das preocupações sanitárias da maioria dos turistas na hora de viajar, o hotel candidatou-se à certificação “Clean & Safe”, atribuída pelo Turismo de Portugal, garantindo assim, frisa Bruno Martins, “todos os cuidados com a higienização do espaço e o cumprimento de todas as determinações da Direção-Geral da Saúde e do Governo Regional da Madeira”.

O hotel terá em funcionamento todos os 312 quartos, mas Bruno Martins admite  que não sejam todos ocupados até porque, “é expectável que os aviões  cheguem com menos lugares ocupados do que é normal", e acrescenta: "Temos 56 apartamentos no resort, vamos disponibilizar a opção de  self-catering e trabalhar no ‘Tudo Incluído’ onde a aposta passa pela  qualidade dos serviços e adaptação correta dos procedimentos, através  de horários, distanciamento físico ou o acesso aos buffets”.

Em jeito de conclusão, Bruno Martins garante que “os turistas  podem viajar descansados para o Porto Santo. Podemos assegurar que o nosso hotel estará devidamente adaptado para receber os turistas com o  mesmo carinho e dedicação que sempre apresentamos ao longo de 20 anos de operação”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.