O teleférico está previsto para ser construído entre Heihe, no nordeste da China, e Blagoveshchensk, na Rússia, acima do rio Amur, tornando-se o primeiro teleférico internacional do mundo.

Com capacidade para 60 pessoas, as cabines serão operadas em duas linhas que ligam as cidades dos dois países e partem a cada 15 minutos. A viagem total demorará cerca de sete minutos, enquanto o tempo real de viagem de estação para estação será de apenas três minutos e meio.

O estúdio holandês UNStudio ficará responsável pela construção da estação na cidade de Blagoveshchensk, o lado russo da fronteira.  Com a aparência de um farol, a estação foi projetada para ter vistas para cidade russa e para a China. O projeto prevê também a construção de uma praça pública ao lado da estação, criando assim uma nova área de lazer para a cidade. Ainda não se sabe qual empresa ficará responsável pela construção da estação no território chinês.

O projeto deve começar em 2020 e é apoiado pela consultoria russa de planeamento urbano Strelka KB, que prevê que até um milhão de passageiros utilizem o serviço a cada ano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.