A passageira Satwika Ika viajava pela Lion Air, uma companhia aérea de baixo custo da Indonésia, para Jacarta, com um bilhete para o assento 35F - mas quando embarcou, percebeu que o avião tinha apenas 34 filas. A suposta fila 35 era usada para as casas de banho do avião.

Bilhete

Satwika publicou sobre o incidente no Facebook, segundo informou o Daily Mail, e contou que os comissários de bordo eram "rudes" e "careciam de boas maneiras". Para piorar as coisas, ela não era a única passageira a receber um assento inexistente.

A razão para a confusão deveu-se a uma troca de aeronave à última hora. Danang Mandala Prihantoro, diretor de comunicação da Lion Air, disse ao Daily Mail que a aeronave original programada para o voo era um Boeing 737-900ER, que possui 39 filas.

Felizmente, Satwika recebeu outro assento e não teve de apanhar um voo diferente (ou sentar-se na casa de banho). Depois da sua publicação ter sido amplamente partilhada nas redes sociais, a Lion Air emitiu um pedido de desculpas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.