Os ladrões levaram mais de 80% da coleção do museu de Filadélfia, EUA: cerca de 7 mil criaturas, incluindo colónias inteiras de baratas e outros insetos, com um valor estimado em 35 mil euros.

Entre as criaturas roubadas estão louva-a-deus raros, diplópodes, lagartos, sapos e cobras. Um dos animais roubados é a aranha de areia de seis olhos (Sicarius hahni), considerada a mais mortífera do mundo. O veneno de uma aranha de areia de seis olhos faz com que tecidos vivos morram e vasos sanguíneos estourem.

Para piorar, o roubo parece ter sido um trabalho interno. John Cambridge, responsável pelo museu, disse à CNN que as câmaras de segurança mostram alguns funcionários a carregar caixas de insetos do prédio durante vários dias, a partir de 21 de agosto.

"Nós sabemos exatamente quem fez isso. Eles escaparam com todas essas caixas. Nós vimos nas câmaras", disse ele. "Eles levaram tudo e depois não apareceram nos seus turnos".

Os ladrões deixaram uma mensagem estranha: fardas azuis presas a uma parede com um par de facas.

philadelphia

Cerca de uma dúzia de insetos foram recuperados da casa de um suspeito, mas os outros continuam desaparecidos, disse Cambridge. A polícia da Filadélfia está a investigar, mas ninguém foi preso. Um porta-voz da polícia disse à CNN que a investigação está em andamento.

Então, por que é que alguém roubaria milhares de insetos raros? "Eles são muito fáceis de vender. O mercado de entusiastas é bastante forte - espetáculos de animais exóticos e esse tipo de coisas", disse Cambridge.

Os roubos forçaram o Insectarium a fechar o segundo e terceiro andares para tentar reconstruir a coleção. Cambridge lançou uma campanha de crowdfunding no GoFundMe para ajudar a financiar aquisições de novos animais. Mas há um lado positivo: desde que as notícias do assalto se espalharam, o museu tem recebido doações de insetos vivos de colecionadores e instituições de todo o país. A reabertura integral do espaço deve acontecer a 3 de novembro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.