Desde março do ano passado, apenas um caso de COVID-19 foi detectado na ilha de Kastellorizo. O portador foi rapidamente isolado e o vírus não se espalhou para a comunidade. A poucos quilómetros da costa turca, a ilha inoculou com sucesso todos os seus 520 residentes contra a  COVID-19, com primeira e segunda doses da vacina Pfizer.

O governo grego está a tentar proteger pequenas ilhas que não têm grandes hospitais vacinando toda a sua população. A estratégia da Grécia é, portanto, tornar todas as áreas pequenas e remotas livres de COVID-19 antes do verão, na esperança de dar um novo impulso ao turismo.

Muitas agências de viagens já viraram as suas atenções para Kastellorizo e, de acordo com a Ethnos Greece, estima-se um aumento de 35% no turismo na ilha. A ilha é árida e não tem praias famosas, mas é um local privilegiado para quem quer um lugar intocado e sem muitos turistas.

A ilha tem um castelo antigo e uma Gruta Azul semelhante a uma catedral - uma caverna marinha que só é acessível com os visitantes deitados num barco, segundo a EuroNews. Além disso, está tão perto da Turquia que tem uma mesquita e um porto encantador com as tradicionais mansões neoclássicas e bonitas paisagens, incluindo vistas do mar azul até a Turquia.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.