Este projeto de assento, chamado Interspace Lite e fabricado pela empresa aeroespacial Safran e pela empresa de tecnologia de transporte Universal Movement, apresenta um design curvo sobre o assento do meio que separa as pessoas sentadas nos lugares do corredor e da janela. Ao contrário de outros modelos de assentos já apresentados, a barreira não é transparente, portanto as pessoas não podem ver os seus companheiros de viagem.

Luke Miles, fundador da Universal Movement, considera que o modelo é uma boa solução para manter o distanciamento social, durante as viagens de avião. A ideia é que as companhias aéreas bloqueiem temporariamente os assentos do meio para permitir o distanciamento, sem ser necessário alterar permanentemente o interior da cabine. Segundo Luke Miles, o que se destaca neste projeto é que a barreira que separa os dois assentos não é transparente, dando maior privacidade aos viajantes, o que fará com que se sintam mais confortáveis.

Esse projeto é o mais recente esforço para repensar como as viagens aéreas funcionarão na era pós-pandemia. Em abril, a empresa italiana Aviointeriors lançou duas opções de design para os assentos de aviões. Um dos projetos consistia em inverter o assento do meio, enquanto o outro passava pela colocação de barreiras transparentes entre assento.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.