Com uma população predominantemente jovem e internacional, a cidade tornou-se um novo epicentro para as tendências globais de fitness - seguindo o exemplo de cidades como Nova Iorque e Sydney, onde a prática de atividade física se tornou um estilo de vida.

Nos últimos anos, houve uma crescente oferta de opções para a prática de atividade física e multiplicaram-se os ginásios exclusivos, e as opções vão muito além da prática de pilates, yoga ou spinning.

Várias marcas internacionais de fitness começaram a instalar-se no Dubai, vendo a cidade como um ponto de entrada no mercado dos Emirados Árabes Unidos.

Neste outono, o xeque Mohammed bin Rashid Al Maktoum lançou o Dubai Fitness Challenge, e pediu a todos os cidadãos que fossem ativos durante 30 minutos por dia, durante 30 dias, para tornar Dubai “a cidade mais ativa do mundo”, segundo o Khaleej Times. O objetivo era dar o exemplo para o resto do mundo e melhorar a saúde e através da prática de atividade física.  Um quarto da população participou do desafio diário, de acordo com o Departamento de Turismo do Dubai. No final de abril, vai abrir o GymNation que além de ser o maior ginásio do Dubai, será também o primeiro ginásio “acessível” da cidade, com mensalidades a 35 euros.

Há várias outras opções, e algumas bastante “instagramáveis”. O Warehouse Gym abriu o terceiro espaço na cidade, com treinos à beira mar e noites só para mulheres, além de workshops e palestras sobre bem-estar.

Se isso não for suficientemente pesado, pode experimentar a Base 3, que oferece aulas de treino de musculação, sem equipamentos pesados, num espaço decorado com graffitis, onde decorre uma série de aulas exclusivas de alta intensidade. Outra opção é o Curvalicious, que, apesar de seu nome, leva a sério a prática de exercício. A academia é só para mulheres e oferece três aulas semanais exclusivas, cada uma dedicada a um grupo muscular diferente.

No entanto, o melhor é que não precisa ir a um ginásio para se exercitar em Dubai. Pode subir o Jebel Jais - o pico mais alto dos Emirados Árabes Unidos - a apenas uma hora de Dubai pelo deserto da Arábia, e aproveitar e ver o nascer do sol. Pode ainda fazer Ski nas encostas num parque de ski dentro de um dos maiores shoppings do mundo. Se o seu corpo ainda não estiver exausto, pode ir até ao Golfo Pérsico - a poucos quilômetros- para nadar, andar de caiaque, paddleboard ou até mesmo fazer surf.

Além disso, vai deixar de ser necessário sair do hotel para ficar em forma: o Dubai anunciou recentemente a construção do maior centro de bem-estar do mundo, o MAG Creek Wellbeing Resort, que terá 96 quartos e quase 200 vilas de férias - com recursos avançados. Os hóspedes terão acesso a uma clínica de saúde de alta tecnologia e a um centro de fitness.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.