Num momento em que as companhias aéreas estão a remover o fator humano no momento do check-in, e tudo passa a ser feito online, a Emirates vai no sentido oposto e decidiu envolver um humano na equação, ao enviar um funcionário para conhecê-lo pessoalmente e fazer o check-in com o serviço "Home Check-In", que foi lançado no dia 25 de abril.

O pedido pelo home check-in deve ser feito até 12 horas antes do voo através de um formulário no site da empresa. Após a solicitar o serviço, um funcionário entrará em contato com o passageiro, informando o horário em que vai até a sua casa (ou mesmo escritório ou hotel).

O funcionário vai fazer check-in, pesar e marcar as malas e emitir o cartão de embarque e, em seguida, leva toda a bagagem para o aeroporto em carrinhas especificas, onde cada mala é selada e transportada em porões individuais. Depois, tudo o que precisa fazer é pegar no seu passaporte e ir embora.

O serviço está disponível por 350 dirhams dos EAU (cerca de 78 euros) por viagem para até sete malas de porão. Para cada mala adicional, serão cobrados 35 dirhams dos EAU (cerca de 7,81 euros).
Este serviço está apenas disponível no Dubai.