Conheceram-se em 1958, na Holanda e embarcaram num veleiro do pai dela até que, mais tarde, casaram-se e conseguiram comprar o seu próprio barco. Vieram os filhos, mas o casal nunca deixou a paixão pela viagem. Viajaram pela Europa com as crianças - durante as férias escolares - de barco e de  carro.

Depois de uma longa viagem de cerca de dois anos pela América do Norte e Central, já na década de 1990, sentiram-se prontos para vender a casa e viajar pelo mundo sem residência fixa. Em 2010, visitaram o último país da lista dos 194 reconhecidos pela ONU, o Iraque.

Christina contou, ao site MTP, que apesar de já serem idosos, não pretendem parar: “A nossa paixão por alcançar novos horizontes ainda não desapareceu e vamos viajar para destinos que ainda não visitamos”. Ela tem 84 anos e o marido, 81.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.