De acordo com o museu, localizado na cidade onde Vincent Van Gogh (1853-1890) nasceu, o artista brasileiro está a criar, com a sua equipa, uma instalação de dálias, no jardim, com 100 metros quadrados, inspirada no quadro de um par de sapatos, pintado em 1888.

Com a ajuda de voluntários, Vik Muniz está a criar a peça no âmbito de um festival anual dedicado às flores, e estará exposta até 16 de setembro deste ano. Para realizar o projeto, o quadro de Van Gogh vai ser projetado no jardim, onde as dálias serão plantadas manualmente, e no final o artista brasileiro irá fotografar o trabalho, e as imagens serão vendidas para angariar fundos para o museu, que celebra uma década a 12 de setembro.

Nascido no Brasil, em 1961, Vik Muniz vive e trabalha entre o Rio de Janeiro e Nova Iorque, é conhecido pelos seus trabalhos inspirados na História da Arte, que recria, usando materiais pouco comuns, como papel usado, lixo e plantas, com o objetivo de estimular a reflexão sobre a imagem.

"O que eu pretendo é tornar imagináveis as ilusões e despertar o público para os enganos da informação fornecida pelo mundo das imagens", segundo o artista citado num texto colocado no sítio 'online' do museu.

Em setembro de 2011, foi apresentada no Museu Colecção Berardo, em Lisboa, uma retrospetiva da obra do artista plástico e fotógrafo brasileiro, com cerca de uma centena de trabalhos desde os anos 1980 até aquela data.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.