No aeroporto de Schönefeld, em Berlim, os funcionários que fazem a revista de bagagem com máquinas de raio-X detectaram um objecto suspeito na mala de um passageiro e deram o alerta. Depois do alerta, o Terminal D foi evacuado para que a polícia desse inicio às investigações. O episódio aconteceu esta quarta-feira.

A polícia, então, encontrou o proprietário da mala em questão, cercou-o, apontou armas automáticas e encaminhou-o para outra área, onde as malas foram abertas pela brigada de bombas. Passada uma hora, as autoridades acabaram por descobrir que o suposto "engenho explosivo" era, na verdade,... um vibrador.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.