Com data de início prevista para  2020, o luxuoso Silver Whisper da Silversea vai parar em 62 portos de 32 países, em todos os continentes, desde a Antártica - a última grande área selvagem da Terra - até os fiordes do norte e do sul da Noruega, segundo anúncio da companhia.

O itinerário começa no porto de Fort Lauderdale, na Flórida, de onde o navio parte em direção à Argentina. De lá, o transatlântico mergulhará para a Península Antártica, para que os passageiros passem uma manhã imersos na paisagem do outro mundo.

Depois, segue para a Ásia, onde os passageiros podem aproveitar as praias de areia branca de Phuket, na Tailândia, explorar os templos, classificados pela UNESCO, de Colombo, no Sri Lanka, e desfrutar de Mumbai na Índia.

A rota da Ásia termina no Médio Oriente, onde os viajantes podem descobrir a cidade perdida de Petra, na Jordânia e Mascate - a capital de Omã que foi a maior base da armada portuguesa no Médio Oriente -  antes de voltarem para a Europa, indo para Sicília, Roma, Barcelona e Lisboa.

O segmento final do itinerário leva os passageiros de Dublin numa viagem pelo norte da Europa onde não ficam de fora os cênicos fiordes noruegueses, assim como as ilhas de Orkney e Edimburgo, na Escócia, antes de chegar a Amesterdão, onde a viagem termina.

Durante a viagem, os turistas terão a oportunidade de fazer várias excursões terrestres. Por exemplo, na Flórida, há a opção de fazer um passeio de vida selvagem em Everglades ou visitar um centro de resgate de flamingos. Enquanto na Patagônia é possível fazer passeios de helicóptero e a cavalo.

O Silver Whisper da Silversea pode transportar 382 passageiros e 302 tripulantes e as comodidades a bordo incluem dois restaurantes, casino, spa, ginásio, pista de atletismo e piscina.

Não é o cruzeiro mais longo da história. Essa distinção vai para o pacote de 357 dias anunciado pela Munday Cruising em 2016. Esse itinerário também cobriu todos os sete continentes, é feito com vários navios de cruzeiro, em que o viajante pode ir a casa entre uma viagem e outra.