Carlos Cipriano, que tem uma fábrica aberta apenas nos meses de verão para produzir e vender bolas de Berlim, contou à Lusa que pretendia um produto que fosse mais saudável e assim surgiram as bolas de Berlim à base de spirulina.

Na fábrica "Bolinhas do Carlos" existem bolas de Berlim com quatro tipos de massa diferentes: normal, alfarroba, beterraba e spirulina. Quanto aos recheios possíveis, há mais de uma dezena de sabores: desde o tradicional creme de pasteleiro, ao mirtilo, maçã, limão, maracujá, kiwi, coco, morango e vários tipos de chocolate.

Quanto à massa de spirulina, lançada este ano, Carlos acredita que é um produto com potencial e que pode conquistar o público mais saudável ou que aprecia produtos inovadores.

As “Bolinhas do Carlos” estão presentes nas praias de Albufeira e nas ilhas da Ria Formosa, em alguns supermercados e até em hotéis de cinco estrelas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.