"Restaurant of Mistaken Orders" (restaurante dos pedidos errados) é um conceito pop-up que nasceu em 2017, em Tóquio, a partir de uma ideia de Shiro Oguni, responsável pelo restaurante. Como o próprio nome sugere, o prato que pede quando se senta à mesa pode - muito provavelmente -  não ser o que acaba por receber uma vez que restaurante apenas emprega pessoas que vivem com demência.

Os clientes abordam a refeição com a expectativa de que esteja errada em relação ao que pediram, mas que, ainda assim, seja algo delicioso. As estatísticas sobre o restaurante mostram que há cerca de 37% de pedidos errados, mas, apesar desses erros, 99% dos clientes afirmam ficarem felizes em jantar lá.

Segundo o responsável pelo projeto, a ideia é de facto abrir mais a mente das pessoas a respeito do convívio com quem sofre de demência (atualmente são 35 milhões de pessoas em todo o mundo). "Queremos transformar a sociedade numa realidade mais carinhosa e leve", disse Shiro Oguni.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.