O site Forebears tem uma base de dados de 11 milhões de sobrenomes e mostra a sua distribuição por todo o mundo.

Este motor de busca de acesso livre é um tesouro para os amantes da genealogia, em particular, e para aqueles que estão curiosos para saber mais sobre seu apelido, em geral. Forebears mostra informações sobre a distribuição de vários sobrenomes no mundo, a posição que cada um deles ocupa num ranking universal, o número de pessoas que o usam, o país em que está mais presente e aquele em que sua densidade é maior - tudo com uma pesquisa simples, que demora poucos segundos.

O procedimento é muito simples: basta escrever um sobrenome que quer pesquisar na barra de pesquisa. Em seguida, aparece a informação: a posição que ocupa na lista mundial, o número aproximado de pessoas que o utilizam, o país em que é mais utilizado e o país em que é apresentado com uma densidade mais alta (1 a cada x habitantes). Além disso, em alguns casos, mostra informações sobre a origem do apelido (geralmente enviadas por utilizadores que contribuem para o site).

Mapa de sobrenomes

Após a pesquisa, aparece o mapa com os  países em que o apelido em questão está presente. É também exibido o número de pessoas com quem partilha o nome de família em cada um desses países. Os resultados das investigações concluem com duas tabelas. A primeira mostra, em ordem decrescente, os países em que o apelido procurado é mais utilizado, a incidência em cada um deles e a posição que ocupa na classificação dos mais utilizados em cada país. O segundo reflete outros apelidos semelhantes ao que usou para realizar a pesquisa.

Forebears também oferece outro método de pesquisa: por países. Assim, mostra os apelidos mais usados naquele país. No caso da Portugal, Silva, Santos, Ferreira, Pereira e Costa ocupam o top 5 dos mais utilizados. O resto da lista pode ser consultado através deste link.

mapa de sobrenomes

Este portal, que está em funcionamento desde 2012, surgiu com o objetivo de reunir "a ampla variedade de fontes genealógicas disponíveis, tanto online quanto offline, e catalogá-las para torná-las facilmente acessíveis àqueles que procuram informações sobre ancestrais num país, região ou cidade".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.