O ranking foi produzido pelo Henley Passport Index e é baseado em dados da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA). Analisa em quantos países um portador de passaporte pode entrar sem visto ou com visto na chegada.

O passaporte português, que assim como o britânico e o dos EUA, dava acesso a 186 países em 2018, sendo o quarto passaporte mais forte, caiu para sexto lugar, dando agora acesso a 185 países sem visto.

O passaporte mais forte do mundo ficou ainda mais forte
O passaporte mais forte do mundo ficou ainda mais forte
Ver artigo

O passaporte japonês continua a ser o mais forte do mundo, dando acesso a 190 países depois de ter obtido acesso ao Myanmar, em outubro de 2018. Singapura mantém-se em segundo e divide o lugar com a Coreia do Sul que subiu uma posição.

Um porta-voz do Henley Passport Index disse que o sexto lugar é uma queda significativa para os passaportes do Reino Unido e dos EUA, porque ambos ocuparam o primeiro lugar em 2015. Acrescentou que é improvável que qualquer país recupere o primeiro lugar em breve e prevê que a posição futura do Reino Unido seja difícil, devido ao Brexit.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.