mapa, feito pela International SOS e pela Control Risks, mostra quais são os países mais e menos seguros em termos de segurança rodoviária, médica e segurança de viagem, com cada uma das categorias a ser classificada por cores.

Podemos ver que, atualmente, os países mais perigosos estão no hemisfério sul. Especificamente, o Afeganistão, Líbia, Mali, Iémen, Somália, Venezuela ou Colômbia.

Em termos médicos, os critérios  fixados foram fatores como doenças infecciosas, fatores ambientais, disponibilidade de atendimento médico e odontológico, acesso a medicamentos de qualidade e se existe ou não possibilidade de evacuação médica. Em países marcados com vermelho, o atendimento médico é quase inexistente. Os medicamentos prescritos, geralmente, não estão disponíveis e há um alto risco de infecções alimentares ou transmitidas pela água e doenças infecciosas graves, como dengue, malária, febre tifoide e cólera.

Quando se fala em segurança na viagem, refere-se à existência ou não de violência política, terrorismo e guerra no país, além de crimes violentos. A segurança rodoviária refere-se à solidez das rotas de transporte a eficácia dos serviços de segurança e emergência.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.