Greta Thunberg, de 16 anos, apanhou um barco, em vez de voar da Suécia para Nova Iorque onde participará na Cimeira de Ação Climática das Nações Unidas no dia 23 de setembro. Greta é o rosto atual do flygskam, ou "vergonha de voar", um movimento com cada vez mais adeptos que pretende reduzir as viagens aéreas e reduzir o impacto ambiental.

Portugal é o 7º país da Europa e o 28º do mundo em termos de quantidade de emissões de viagens aéreas, com um total de 4,65 milhões de toneladas de dióxido de carbono, o que se traduz num aumento de 26% em relação a 2017.

Em todo o mundo, os voos produziram 895 milhões de toneladas de CO2 em 2018, enquanto os seres humanos produziram mais de 42 mil milhões de toneladas, segundo o Air Transport Action Group. No geral, a indústria da aviação é responsável por cerca de 2% das emissões de dióxido de carbono produzidas pelo homem, segundo a Associação Internacional de Transportes Aéreos.

LuggageHero, rede global de depósito de bagagens, reuniu algumas sugestões para reduzir a pegada de carbono ao viajar de avião.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.