O alojamento, que parece um casulo, inclui uma cama de casal rotativa, um beliche e um aquecedor, enquanto, do lado de fora, os hospedes têm acesso a uma banheira de hidromassagem.

O ex-eletricista Martin Johnson e sua esposa Carol Anne levaram seis meses para construir o casulo - apelidado de "Spodnic" - num terreno ao lado da sua casa. Movidos pela paixão por ficção cientifica, o casal transformou o local numa “cápsula intergaláctica de glamping” ou um T0/estúdio versão OVNI com vista para as estrelas, como o descrevem, “feito para acomodar confortavelmente duas a quatro pessoas, desta terra ou de outra”.

Tudo aqui pretende ter inspirações de ficção cientifica, com um ambiente que se pretende que remeta ao espaço. Assim, não é de estranhar o gigante extra-terrestre verde que funciona como mascote do espaço. Os visitantes são recebidos à entrada por um robot inspirado na saga Star Wars.

Segundo Martin Johnson, já foram vistos helicópteros a sobrevoar o espaço, por pensarem ter avistado um verdadeiro OVNI.

O preço por noite é de 90 libras, o equivalente a 100 euros. Sendo que o local pode acomodar quatro pessoas, o valor baixa para 25 euros caso levem mais três amigos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.