A pequena ilha de Hamneskär está localizada perto de Marstrand, ao largo da costa da Suécia, e é o lar de um farol histórico que servia para alertar os navios sobre a presença de rochas irregulares escondidas abaixo do nível da água. O farol foi construído em 1868 e recebeu o nome de Pater Noster como homenagem às orações dos marinheiros, que rezavam o Pai Nosso, quando se aproximavam das águas perigosas ao redor da ilha.

Durante quase 110 anos, gerações de faroleiros viveram com as suas famílias neste ambiente extremo, a cuidar do farol, e a resgatar marinheiros naufragados, tendo criado uma pequena e isolada sociedade própria. A agência de design sueca Stylt transformou a antiga casa do mestre do farol, do século XIX, num hotel isolado, rodeado por uma paisagem única. O hotel de luxo chama-se Pater Noster, assim como o farol, e tem nove quartos, um restaurante, um bar e um café ao ar livre.

Os hóspedes podem fazer passeios pelo farol e desfrutar de frutos do mar recém pescados no restaurante. O hotel também oferece aulas de pesca em alto mar, mergulho, vela, caiaque e culinária com algas. Com quartos a partir de £ 442 (cerca de 485 euros), não é o refúgio mais barato, mas é uma experiência única, num cenário digno de filme.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.