A ilha Fordypningsrommet não tem carros nem lojas e, praticamente, não tem pessoas. O que a ilha tem de sobra é a pura solidão, a calma e as vistas incríveis e privilegiadas das Luzes do Norte. Existem nove cabanas na ilha, quatro quartos,  uma sauna à beira-mar, casa de banho, cozinha, sala de estar e uma mini-catedral que oferece espaço para meditação. Toda a instalação acomoda confortavelmente 10 pessoas, mas pode ser possível acomodar 15 pessoas, sem esforço. Cada edifício é projectado de forma inteligente e até ganhou o Prémio Architizer's 2018 A+, que celebra os melhores projetos de arquitetura do mundo.

Desde que foi inaugurada em 2017, a comunidade tornou-se um refúgio para músicos e artistas que procuram um espaço tranquilo para relaxar e criar. Tem uma classificação de cinco estrelas no TripAdvisor, onde os visitantes a chamam de "um pequeno pedaço do céu".

Toda a comunidade está disponível para alugar por 3500 dólares (cerca de 3 mil euros) por semana, mas os artistas podem solicitar uma estadia gratuita.

Anfitriões estão presentes para fornecer comida e aquecer a sauna e estão incluídos no preço de junho a agosto, mas têm um preço adicional durante o resto do ano. Os visitantes podem alugar camas individuais no verão, mas, durante o resto do ano, a comunidade só está disponível para alugar como um todo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.