Zaandam, uma cidade na província de North Holland, é conhecida pelos seus charmosos e icónicos chalés verdes tradicionais. O que não é tão comum, é que esses chalés tradicionais tenham 11 andares, como é o caso do  Hotel Inntel, um gigante que muitos consideram uma monstruosidade arquitetónica.

Inspirado pelas pequenas casas da região e na pintura, de 1871, de Claude Monet, "A Casa Azul em Zaandam" ("The Blue House at Zaandam") o arquiteto Wilfried van Winden começou a criar um hotel que queria que fosse futurista e retro ao mesmo tempo. Ao todo, o exterior apresenta cerca de 70 fachadas de chalés, cada uma com uma tonalidade variada de verde e diferentes tipos de de janelas.  Além das fachadas verdes, existe uma única fachada azul, em representação da Casa Azul de Monet. Os telhados cor de laranja tornam o edifício ainda mais colorido.

Com 160 quartos, banhos turcos, um bar e uma piscina, a obra-prima de Wilfried van Winden tem todas as comodidades de um hotel, no entanto, o design é tudo menos comum. O interior dos quartos de hotel também reflete a história da região de Zaandam: os produtos tradicionais, os pioneiros das indústrias artesanais locais e as famílias que tornaram a região mundialmente famosa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.