O hotel foi construído ao lado da pedreira abandonada de Shenkeng, em Songjiang, a cerca de 35 quilómetros de Xangai. O hotel estende-se por mais de 90 metros até uma piscina existente no fundo da pedreira. O hotel terá 337 quartos e os hóspedes vão poder contemplar as vistas panorâmicas a partir das varandas dos quartos.

Além de ser um feito arquitetónico impressionante, o edifício é notável pelo seu impacto ambiental: cria a sua própria energia - incluindo fontes de calor e iluminação - através de energia geotérmica e solar e o telhado é coberto por vegetação. A água corre por toda a estrutura. Uma queda de água, construída no centro do hotel, desce até à piscina no fundo da pedreira. Os dois últimos andares são construídos completamente debaixo de água. Um andar terá um restaurante, virado para um aquário subaquático. Na parte inferior do prédio, há um complexo desportivo.

 Foi necessária uma equipa de mais de 5 mil arquitetos, engenheiros, designers e trabalhadores e mais de 10 anos de trabalho para concluir a construção do hotel.

A pedreira está localizada perto de atrações turísticas como o Jardim Botânico de Chenshan e o Parque Nacional de Sheshan. As tarifas dos quartos ainda não estão disponíveis, mas o hotel será uma experiência de luxo de cinco estrelas quando abrir em outubro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.