A região de Petra é povoada desde a pré-história, mas foram os Nabateus, povo originário do nordeste da Arábia, que construíram a cidade cujas ruínas atraem hoje turistas de todo o mundo. Os Nabateus, povos árabes nómadas, cujo êxito assentava no aproveitamento, controle e conservação da água, bem precioso neste terreno desértico, terão criado uma cidade império no actual território da Jordânia, três séculos antes de Cristo. Chamaram-lhe Raqmu. A cidade perdurou no tempo, mas o seu nome passou a ser Petra. O seu legado ainda hoje pode ser observado quando se entra nas ruínas da cidade de Petra, em que se seguem os canais de água nas paredes da garganta, designada por Siq. Esta entrada em Petra através do Siq é triunfal, e no final da garganta, tem-se a visão mais clássica de Petra, o chamado Tesouro, pois pensava-se que albergava um tesouro de um faraó egípcio.

Petra
créditos: Viajar entre Viagens

O momento em que a fachada do monumento de Petra surge, na sua tonalidade rosa e castanha, por uma abertura nas escuras e apertadas paredes do Siq, é aquele que a maior parte dos turistas retém como principal recordação de Petra. Daí que seja conhecido por muitos como a Cidade Rosa.

Os Cruzados passaram por aqui no século XII, assim como os Romanos, os Cristãos e os Árabes, sendo esta mistura de povos e culturas bem evidente na abundância de estilos arquitectónicos que se podem admirar nas ruínas de Petra.

Petra
créditos: Viajar entre Viagens

Mas Petra é muito mais do que essa imagem clássica. Petra é uma cidade inteira, que abrangia uma área considerável em terreno montanhoso e desértico. Uma cidade com legado cristão, árabe e romano. Com ruínas romanas no seio de edíficios Nabateus e com uma profusão arquitectónica difícil de igualar.

Petra
créditos: Viajar entre Viagens

Para se visitar todos os locais de Petra são necessários vários dias e é por essa razão que existem bilhetes de entrada de 1, 2 ou 3 dias. Abra o seu apetite com as nossas imagens e embarque já numa aventura pela Jordânia.

O Viajar entre Viagens partilhou no seu blogue esta e outras aventuras por terras da Jordânia. Pode ver mais sobre Petra e a Jordânia aqui.