E como eu só gosto de falar do que conheço e recomendar lugares que realmente me ficaram na memória por razões positivas, convido-vos agora a percorrerem a minha lista de preferências cheia de experiências e detalhes que me marcaram. Porque também acredito que são eles que fazem toda a diferença numa qualquer viagem.

Só não me peçam para eleger a minha cidade preferida. Não consigo. Cada uma tem o seu próprio encanto muito especial e motivos de sobra para uma visita.

Seguem então algumas dicas para visitar oito cidades europeias, onde toda a família se pode divertir à grande. Inspirem-se!

1. Amesterdão, Holanda


Quem lá foi, não esquece as pontes, os passeios nos canais, as ruas estreitas e labirínticas, os piqueniques improvisados nos jardins públicos, as visitas aos museus, a imensa escolha de queijos, socas de madeira e túlipas. Ou mesmo as bicicletas que servem para transportar pessoas e bens (levar móveis, falar ao telemóvel e segurar um chapéu-de-chuva, ao mesmo tempo, que eu bem vi!).

Amesterdão
Kinderkookkafé, Amesterdão créditos: Viajar em Família

Experiência inesquecível - ir ao Kinderkookkafé no Vondelpark (onde as crianças escolhem e cozinham a própria refeição).

2. Barcelona, Espanha


Espanha é um dos países em que a notoriedade e o fluxo de visitantes da capital Madrid é superado por outra grande cidade. E muito justamente, digo eu que gosto bastante de Barcelona. É uma cidade com ambiente de festa o ano inteiro. Tem praia, serra, e campo. Tem um clima muito ameno (raramente chove) e ainda muita escolha de passeios para fazer.

Barcelona
Andar de bicicleta em Barcelona créditos: Viajar em Família

Experiência inesquecível - alugar uma bicicleta e percorrer todo o calçadão junto à beira-mar.

3. Berlim, Alemanha


Possivelmente, os miúdos não vão reter todos os pormenores históricos, mas quase garanto que não se vão esquecer do inesquecível. Ou seja, que há mais 25 anos atrás existia um muro a dividir aquela cidade. Actualmente é uma cidade imensa, grandiosa, cheia de histórias e monumentos imponentes, mas onde o passado convive muito bem com a modernidade.

Berlim
Muro de Berlim créditos: Viajar em Família

Experiência inesquecível - percorrer os pedaços do muro que ainda restam e depois conseguir colocar um pé em cada lado da antiga cidade dividida.

4. Bruxelas, Bélgica


É normalmente conhecida como uma cidade de trabalho, o centro da União Europeia, mas na verdade tem muito mais para oferecer além disso. É, por exemplo, a cidade da banda desenhada (Tintim e Smurfs), do Manneken Pis (a pequena estátua do menino que faz chichi), do Atomium (um edifício com uma estrutura muito especial cheia de esferas) e do Mini-Europe (um parque temático com as minuaturas dos edifícios europeus).

Bruxelas
Waffle com chocolate em Bruxelas créditos: Viajar em Família

Experiência inesquecível - comprar um waffle com chocolate numa roulote de rua.

5. Copenhaga, Dinamarca


Estamos lá e parece que estamos dentro de um conto de fadas, com castelos, jardins e muitas bicicletas a circular na rua. Apesar de ser a capital do país, é uma cidade relativamente pequena e por isso pode ser facilmente visitada a pé. O nível de segurança é enorme (os pais vão às lojas e deixam os bebés sozinhos na rua a dormir nos carrinhos) e todos falam inglês. Também foi aqui que se inventou o Lego e se pode visitar o parque de diversões Tivoli, a fábrica da Carlsberg ou a estátua da Pequena Sereia.

Copenhaga
Parque em Copenhaga créditos: Viajar em Família

Experiência inesquecível - ir a um jardim durante a tarde e apreciar a rotina dos seus descontraídos habitantes.

6. Estocolmo, Suécia


É uma cidade feita de várias ilhas e só isso já tem o seu charme muito próprio. Mas a ilha Djurgården parece ter sido especialmente construída para a alegria das famílias: tem jardins com patos, a Junibacken (casa da Pipi das Meias Altas), o museu ao ar livre Skansen, o parque de diversões Gröna Lund, o Museu da Ciência e Tecnologia, o Museu Vasa e ainda o recente Museu dos ABBA. É também lá que se comemora o Midsummer com as suas curtíssimas noites de Verão (cerca de 2 a 3 h de escuridão).

Estocolmo
Conhecer Estocolmo créditos: Viajar em Família

Experiência inesquecível - apanhar um ferry, daqueles que os habitantes usam, para visitar o Arquipélago de Estocolmo.

7. Londres, Inglaterra


A língua inglesa é a segunda língua ensinada nas escolas portuguesas e isso faz com que todas as crianças conheçam muito bem os símbolos culturais de Inglaterra. Acho que visitar Londres é pois tornar realidade aquilo que se habituaram apenas a ver em livros e filmes. Além disso também tem a vantagem de os miúdos conseguirem praticar tudo aquilo que aprenderam e até a conhecerem mais algumas expressões que só se usam na língua falada do dia-a-dia.

Londres
Trafalguar Square, Londres créditos: Viajar em Família

Experiência inesquecível - subir às costas de um leão em Trafalguar Square.

8. Paris, França


Poucas serão as crianças que não reconhecem a Torre Eiffel de filmes ou fotografias. Mas conseguir vê-la assim de perto é realmente mágico. Já foi em 2007 que estive lá com os meus filhos pela primeira vez. Voltámos depois disso e não chegámos a subir porque as filas eram enormes! Mas nem por isso deixámos de gostar muito de lá ter estado, bem aos pés daquele gigante e famoso símbolo.

Paris
Pôr um cadeado num das pontes de Paris créditos: Viajar em Família

Experiência inesquecível - colocar um cadeado na Ponte das Artes (ou em qualquer outra na cidade).