Durante 500 anos, a Ilha do Ibo foi um porto de comércio próspero ocupando uma posição estratégica na costa Oriental Africana. Com cerca de 4.000 habitantes, a ilha está situada no Parque Nacional das Quirimbas, província de Cabo Delgado, em Moçambique.

Os habitantes do Ibo vivem maioritariamente da pesca artesanal. O turismo ainda é precoce, dominado por operadores estrangeiros. O acesso para a ilha é feito por mar, avião ou carro. O meio mais utilizado de transporte para os habitantes da ilha ainda é a canoa tradicional com velas.

Isolada, o tempo até parece que parou na lha do Ibo. Linda, remota e afastada dos circuitos comerciais, a Ilha do Ibo é uma das ilhas mais intrigantes, idílicas e românticas que alguma vez sonhou em visitar.

Moçambique: 15 horas até ao paraíso
Moçambique: 15 horas até ao paraíso
Ver artigo
A Ilha do Ibo fica a 50 milhas náuticas a norte de Pemba e pode ser acedida por ar a partir de Pemba. A outra alternativa é uma viagem por estrada até Tandanhangue, perto de Quissanga de onde pode apanhar uma lancha tradicional.

Três fortificações, uma bonita igreja católica muito antiga e numerosos edifícios antigos entrepostos comerciais fazem guarda sobre as águas. Piratas, marfim, intriga e o nunca a esquecer cruel tráfico de escravos fazem parte da história desta ilha de coral.

Uma história fascinante recheada de segredos e de uma cultura muito rica está presente nos habitantes e nas ruínas, algumas que datam de 1500. As pessoas do Ibo são amigáveis e acolhedoras e vivem vidas fabulosamente ricas e simples.

Por: Renato Mkaima|SAPO Moçambique