Um passe gratuito de Interrail no 18º aniversário faz quem hoje já é maior de idade - e não teve oportunidade de se aventurar pelas linhas férreas europeias - querer viajar no tempo e regressar ao passado. É que o Interrail é descrito, por quem já o fez, como uma experiência única que todos os cidadãos europeus deveriam ter uma vez na vida.

Em breve, os jovens que façam 18 anos poderão ter a oportunidade de viver essa experiência, independentemente da sua condição financeira. É que o Parlamento Europeu vai debater uma proposta para oferecer um Interrail no 18º aniversário dos jovens europeus. O objetivo é criar um “sentimento europeu” entre os mais novos.

O Interrail é um passe que permite viajar de comboio por 30 países da Europa durante um determinado período de tempo (que pode ir de cinco a 30 dias) e custa entre 200 e 479 euros.

O passe gratuito de Interrail será para todos os cidadãos europeus, naturais ou residentes legais, com 18 anos. Os cidadãos de Estados-membros que não estão integrados no Interrail, como Estónia, Letónia, Lituânia, Chipre e Malta, serão autorizados a utilizar outros meios de transporte, como autocarros ou barcos, gratuitamente, ao abrigo do mesmo programa, explica o Diário Digital.

O custo desta medida é o seu maior desafio. De acordo com os cálculos da agência noticiosa alemã Tegesschau, o custo da proposta pode chegar a 1,5 mil milhões de euros por ano. Isto se entre 50% e 70% dos 5,4 milhões de jovens de 18 anos que se estima viver na UE aceitarem a oferta.

Apesar do custo, várias instituições já manifestaram o seu apoio à iniciativa, como é o caso do governo alemão e da Conferência de Presidentes do Parlamento Europeu. Outro exemplo, é o primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, que até lançou uma iniciativa parecida: aos 18 anos, todos os jovens italianos recebem um voucher de 500€ para gastar em eventos culturais ou sociais.

Por outro lado, os jovens teriam de pagar todas as restantes despesas da viagem de Interrail, o que faria, segundo os críticos, que o passe fosse mais utilizado nos países ricos da União Europeia.


O que acha desta medida? Já fez Interrail? É mesmo uma experiência inesquecível? Deixe as suas opiniões no espaço de comentários deste artigo.