Viajar por Portugal de vinho em vinho! Confesso que este é o meu sonho pessoal, depois da minha viagem gastronómica por Portugal do ano passado. Conseguem imaginar o que é acordar no cimo de um monte sobre o Douro e ver o rio serpentear por entre os socalcos verdejantes das vinhas? O ar é puro e saudável, há uma nuvem que paira como um longo tufo de algodão a meio da encosta em frente. À nossa espera temos um dia de descoberta de vinhos portugueses, sempre acompanhados pela simples e original culinária portuguesa. Há um dia em que vamos poder falar com os donos das vinhas e conhecer as pessoas simples que fazem alguns dos melhores néctares do mundo. Quem sabe, se formos mais arrojados, pisar algumas uvas. Saber que estamos a fazer o nosso vinho!

Quinta Nova, Douro
créditos: DR

Este guia completo dos melhores hotéis vínicos de Portugal inclui os alojamentos mais autênticos do vale do Douro, do Alentejo e de outras regiões vinícolas portuguesas. É uma espécie de ‘lista de compras’ para a minha parceria recente com a Wine Tourism in Portugal, de que sou embaixador de marca e consultor de viagem.

Yeatman, Porto


Um destino de viagem é definido por um grande hotel clássico, capaz de proporcionar a sensação de ser um lugar autêntico e memorável. A magnífica cidade do Porto, classificada como património mundial, tem um destes hotéis. The Yeatman Hotel é membro da prestigiosa cadeia Realis & Châteaux, e o seu restaurante, sob a direcção do Chef Ricardo Costa, recebeu uma estrela Michelin. O Yeatman do Porto é um marco único e um ponto de referência no mundo dos hotéis de luxo clássicos. Com um carácter vincado e capaz de transmitir um sentimento de conforto natural, o Yeatman é a morada por excelência dos viajantes mais conhecedores que visitam o Porto e o Norte de Portugal. É provavelmente o número 1 entre os hotéis vínicos de Portugal.

The Yeatman
créditos: DR

Vine Hotel, Funchal, Madeira


Tal como um bom vinho, o Vine Hotel tem alma. Construído em 2008, este boutique hotel, vencedor do “World's Leading Design Hotel” e "Melhor hotel insular da Europa", tem 79 quartos de luxo e uma decoração única. Um mergulho na piscina com vista panorâmica de 360 graus, uma sessão de vinoterapia no Spa, ou a degustação de um jantar gourmet com vista sobre a cidade são alguns dos pequenos prazeres que tornarão a sua estadia inesquecível. No Vine Hotel todos os sentidos são estimulados: desafie o seu olfacto com um copo de vinho no bar da piscina, no topo do hotel; para o paladar, experimente uma refeição no Lobby Lounge, ou no requintado restaurante gourmet UVA, dirigido pelo Chef Thomas Faudry, que encima o edifício e que tem um soberbo panorama de 360 graus a perder de vista; para o tacto, tem o relaxante Wine Spa do Hotel, e finalmente, para o ouvido, os sons serenos da ilha da Madeira que chegam até à maravilhosa piscina panorâmica do The Vine.

The Vine
créditos: DR

Herdade da Malhadinha Nova, Beja, Alentejo


A Herdade da Malhadinha Nova fica em Albernoa, no coração do Baixo Alentejo, e oferece um conforto e design em perfeita harmonia com a natureza e a paisagem circundante. O seu conceito assenta na oferta de experiências à volta do vinho, como o turismo vínico, o hotel e o restaurante. Os vinhos são o ex-líbris da Herdade da Malhadinha Nova e reflectem um grande respeito pela natureza e por toda a paixão e dedicação envolvidas na sua produção. A vinha plantada em 2000 ocupa actualmente uma área de 33 hectares - 27 de cepas em fase de produção e 6 de vinha nova. As experiências ecoturísticas e a adega moderna, que combina métodos tradicionais e o uso da tecnologia na produção do vinho, são duas das principais razões para visitar esta herdade. Além de produzir vinho, a herdade tem outras actividades: a produção de azeite 100% Galega, num olival tradicional de 60 hectares; a criação de vaca DOP alentejana, uma raça nativa perfeitamente adaptada às condições da região; a criação de porco preto alentejano DOP; e a criação de cavalo lusitano.

Herdade da Malhadinha Nova
créditos: DR

Vintage House Douro no Pinhão, Vale do Douro


O Vintage House Douro fica no Pinhão, em plena região do Douro, classificada como património mundial e a primeira região demarcada de vinho do mundo. Construído a partir de uma antiga adega, o Vintage House Douro é um hotel de 5 estrelas, com uma decoração sofisticada e acolhedora, típica das quintas tradicionais do Douro. Conta com 36 quartos, 5 suites, e 2 suites de luxo, todos com varanda com vista para o rio e para os socalcos vinhateiros. A localização é única, entre o rio e a estação de comboios do Pinhão – uma paragem obrigatória da famosa linha do Douro. Para além do carro e do comboio, também pode chegar de barco e ancorar no cais, mesmo em frente do hotel.

Vintage House Douro
créditos: DR

Quinta do Ameal, Ponte de Lima


Após o grande sucesso nacional e internacional dos vinhos do Ameal, nasceu um novo projecto: Ameal Wine & Tourism Terroir. A renovação de várias casas antigas da quinta foi concluída em Maio de 2014. Estas casas e suites estão totalmente equipadas e decoradas de forma a proporcionar aos seus visitantes todo o conforto, sem terem que sair da quinta. A Quinta do Ameal tem uma área total de 30 hectares, limitada por muros de granito, e pouco menos de metade (12 hectares) estão plantados com uma vinha de método 100% orgânico, que produz uvas excepcionais para o vinho: o Ameal “Clássico”, o Ameal “Escolha”, o Ameal “Espumante” e o “Special Harvest”. A área restante é uma floresta fantástica e única de oito hectares, com uma grande variedade de árvores, que incluem pinheiros mansos e carvalhos com mais de 200 anos. Os seus maravilhosos jardins e os mais de 800 metros junto ao rio completam este cenário magnífico.

Quinta do Ameal
créditos: DR

Quinta da Pacheca, Lamego, Vale do Douro


Este hotel e quinta vinícola no Douro é o lugar ideal para descansar: paz, tranquilidade, elegância e conforto são apenas algumas das palavras que descrevem os espaços que esperam por si. A quinta está inserida numa área de 51 hectares repleta de vinhas, que se estendem até ao Rio Douro, e o hotel é um espaço com vida, intenso, que o surpreenderá pela sua história, a que se junta um estilo inovador e sofisticado. A casa principal é do século XVIII, e foi totalmente restaurada, respeitando a arquitectura tradicional e os valores originais. As áreas comuns e os 15 quartos ganharam agora uma imagem moderna e avant-garde, com elementos sóbrios e elegantes. Este é um boutique hotel totalmente dedicado ao turismo gastronómico e vinícola, onde o bem-estar e o conforto são valores omnipresentes, e onde as vinhas e o vinho desempenham um papel crucial.

Quinta Pacheca
créditos: DR

L'And Vineyards, Montemor-o-Novo, Alentejo


O L'And Vineyards é um wine resort que oferece uma experiência rural única num ambiente exclusivo e contemporâneo. Fica no coração do Alentejo, e estende-se à volta de um vale central de vinhas e olivais, com um lago a unir as residências que parecem brotar da paisagem, organizadas em pequenos grupos, recuperando a tipologia dos ‘montes’ tradicionais do Alentejo. O vinho é a âncora de inspiração para o L'And Vineyards Resort, um pequeno aldeamento de férias 5 estrelas. O restaurante L'And procura afirmar a nova cultura gastronómica portuguesa, reflectindo a história e a cultura de Portugal e integrando as vivências e os ingredientes trazidos do Oriente pelos descobrimentos. O Chef de cozinha Michael Laffan, galardoado com uma estrela Michelin em 2013, cria menus inspirados pela envolvente natural do hotel, apresentando pratos com influências do Alentejo numa interpretação contemporânea, que transportam os hóspedes numa viagem gastronómica.

L'And Vineyards Resort
créditos: DR

Quinta de La Rosa, Pinhão, Vale do Douro


A Quinta de La Rosa foi construída num lugar invulgar: um monte com socalcos muito acentuados que ligam os diferentes níveis na margem do Rio Douro. A família Bergqvist produz vinho do Porto desde 1815. A propriedade foi oferecida à família em 1906 como presente de baptizado para Claire Feuheerd, a avó de Sophia Bergqvist. Os convidados podem ficar alojados na casa principal da família, tradicional, ou no novo edifício, mais moderno.

Quinta de la Rosa
créditos: DR

Convento do Espinheiro, Évora, Alentejo


Construído no século XV, o Convento do Espinheiro tem uma beleza, um encanto e uma história fascinantes. Ao longo dos séculos, este foi um local de eleição da família real, quando esta se instalava em Évora. Redecorado de forma luxuosa, o Convento é actualmente considerado monumento nacional, e está associado à conhecida cadeia de hotéis de luxo Starwood Hotels & Resorts. O hotel está inserido num jardim sumptuoso de oito hectares, e o seu interior tem uma decoração deslumbrante, sem perder carácter. Com a reserva da sua estadia no Convento do Espinheiro pode começar uma série de experiências únicas, incluindo uma visita guiada à história deste local e uma prova dos vinhos magníficos do Alentejo, guardados na adega gótica, acompanhado pelo sommelier.

Convento do Espinheiro
créditos: DR

Quinta do Portal, Sabrosa, Vale do Douro


A Quinta do Portal é uma empresa familiar, independente, que se dedica com paixão ao conceito de Adega Boutique, produzindo vinhos do Douro DOC, vinho do Porto premium e moscatel. A família Mansilha Branco, proprietária da quinta, produz vinhos no Douro desde tempos imemoriais (a primeira referência que temos é de 1477), e tem estado ligada aos momentos chave da região, como a instituição da Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro, em 10 de Setembro de 1756, que deu origem à primeira região demarcada do mundo, liderada por Frei João de Mansilha. Actualmente, este património agrícola é composto por cinco quintas (Quinta do Portal, Quinta dos Muros, Quinta do Confradeiro, Quinta da Abelheira e Quinta das Manuelas), situadas no vale do Pinhão, junto ao rio Douro, e que no total formam mais de 100 hectares de vinhas.

Quinta do Portal
créditos: DR

Herdade dos Grous, Beja, Alentejo


A Herdade dos Grous pertence ao grupo dos hotéis VILA VITA, e fica entre vinhedos, olivais, sobreiros e aldeias brancas e pitorescas, no coração da região agrícola do Alentejo. Não é de admirar que seja nesta maravilhosa paisagem natural, a apenas 17 km de Beja (em direcção de Lisboa), que se produz um dos vinhos portugueses mais premiados. Os seus fabulosos jardins, a piscina “infinita”, que se abre para uma paisagem de 98 hectares, o lago artíficial, os olivais antigos e as laranjeiras carregadas de fruta são a prova da fertilidade desta paisagem única. Este é um lugar de autêntico relaxamento e serenidade, o mais distante possível da rotina diária.

Herdade dos Grous
créditos: DR

Quinta do Vallado, Peso da Régua, Vale do Douro


A Quinta do Vallado abriu o seu hotel em 2005. Pertenceu à lendária Dona Antónia Adelaide Ferreira, e mantem-se até hoje no seio da família. Fica nas margens do Rio Corgo, um afluente do Douro, mesmo junto à foz, perto do Peso da Régua. A Quinta do Vallado produziu vinho do Porto ao longo de 200 anos, que era comercializado pela Casa Ferreira (pertencente à família). Depois de Dona Antónia Adelaide Ferreira, foram o seu bisneto – Jorge Viterbo Ferreira - e o seu trineto – Jorge Cabral Ferreira – os responsáveis pelo grande desenvolvimento e crescimento da quinta.

Quinta do Vallado
créditos: DR

Quinta Nova, Sabrosa, Vale do Douro


A Quinta Nova Luxury House Winery foi o primeiro hotel vinícola em Portugal. Nasceu da reconstrução de uma casa senhorial do século XIX, feita em plena harmonia com os elementos naturais dos 120 hectares de área total da quinta. A Quinta Nova é um lugar de beleza extrema no coração do Douro, e pertence à família Amorim desde 1999. No entanto, esta quinta é anterior a 1764, e uma pesquisa histórica confirma que foi uma grande propriedade da família real portuguesa. Os locais históricos que ainda hoje estão preservados e podem ser visitados demonstram-no: o ribeiro, o miradouro, os marcos pombalinos em pedra, com a data de 1758, o brasão na adega, as duas capelas e os três pomares centenários.

Quinta Nova
créditos: DR

Torre de Palma, Vaiamonte, Alentejo


Este é um tesouro perdido no tempo, escondido no coração do Alto Alentejo, junto à aldeia de Vaiamonte. Em tempos erguia-se aqui uma torre que apontava ao céu, e que deu o nome a este lugar. As vistas das suas muralhas não podiam ser mais idílicas. No crepúsculo, o sol põe-se lentamente, iluminando o céu, pintando-o de rosas e laranjas, e deixando-nos com aquela paz tão típica da paisagem alentejana. Uns minutos mais e o inevitável acontece: estamos apaixonados pela Torre de Palma. A vista que se vislumbra desta casa senhorial datada de 1338 faz-nos sonhar e apreciar ao máximo este local. Depois de muito trabalho, em 2014 o sonho tornou-se realidade e nasceu o Torre da Palma Wine Hotel.

Torre de Palma Wine Hotel
créditos: DR


Nota: O artigo "Os melhores hotéis vínicos de Portugal" foi escrito no âmbito da minha parceira com o Wine Tourism in Portugal. Todas as opiniões são minhas.